sábado, 27 de setembro de 2008

Invisível


Ainda me lembro do que ele ma chamou. Covarde inútil. Se eu já estava pra baixo, as palavras do capitão me jogaram de vez no chão. Mas talvez seja mesmo verdade. Minha missão já caminha rumo ao fracasso desde o seu princípio. Eu me iludi e enganei ao mesmo tempo aqueles que um dia já acreditaram em mim. O acaso acertou em cheio o meu estomago. Quiçá tenha sido esta a razão de meu vômito, que derramei novamente em meu velho caderno.

Eu tentei entrar na mente dela e acabei afastando-a de mim mais uma vez. Ainda não aprendi a abdicar dos recursos proibidos que possuo. Procurei me afastar de todos e percebi que não era necessário, uma vez que nunca estive verdadeiramente acompanhado. Se eu sumir, ninguém perceberá o ocorrido, uma vez que ninguém procurou saber sobre mim enquanto estive recluso. Como podemos sentir falta de alguém que nunca esteve conosco? Alguns sentimentos adquiridos ainda me são incompreensíveis.

Meu comunicador já não dá sinal de vida há tempos, mas sei que ainda funciona perfeitamente. Da última vez em que o utilizei respondi ao capitão que me cobrava um relatório dos acontecimentos, e isso já faz meses. O curioso é que estou sempre disponível, mas todos fingem não me ver. Talvez até deva discursar sobre essa indesejada habilidade em meu próximo ofício, o que poderá chamar a atenção de alguns.

Ele me pediu que eu sorrisse. E é o que eu tenho feito desde então. Este soldado nunca pareceu tão socializável. Esconder as mágoas, no entanto, é uma árdua tarefa, e uma recaída poderá a todos surpreender. “O que aconteceu com ele? Parecia tão bem...”

Ilusão. Ninguém responde à despedida de um fantasma uniformizado.

7 comentários:

BAh disse...

"Eu tentei entrar na mente dela e acabei afastando-a de mim mais uma vez."
Eu tenho mania de fazer isso. Não só de adentrar mentes, mas de vasculhar o ser, a alma e toda a essência. Sempre, ou quase sempre, me decepciono de alguma forma.

Jaquelyne disse...

Dessa ilusão também sofro eu.Vasculhar mentes pode ser muito perigoso para nós, Gepp!
Falta o amor nelas.Falta o Amor!!
Em muitas escutei o eco: "Eu quem será?"
Gepp,isso meu lembrou o Efeito Borboleta. E me lembrou você também com a música de Los Hermanos. Nunca mais parei de escutá-la...

Jsk disse...

me pediu que eu sorrisse. E é o que eu tenho feito desde então. Este soldado nunca pareceu tão socializável. Esconder as mágoas, no entanto, é uma árdua tarefa, e uma recaída poderá a todos surpreender. “O que aconteceu com ele? Parecia tão bem...

Jsk disse...

quem já não fez isso ?

Jsk disse...

-
ksaopskaopska. esse meu professor é uma resenha. vai lá. tem mais um. bjs:*

Jsk disse...

Att aqui . bjs :*

Jsk disse...

-
vadinho apesar de tocar terror é legal. =D ajuda todo mundo bjs :*