domingo, 2 de março de 2008

O Lado Bom de Calvin (parte 2 de 3)

É MUITO INTERESSANTE quando a "manifestação física de seu lado bom" tenta ser gentil com a Susie. O verdadeiro Calvin fica desesperado consigo próprio. E é muito impressionante imaginar como a sua cabeça consegue fantasiar tamanha história apenas com uma caixa de papelão. Quem dera as nossas crianças do século 21 conseguissem se divertir com coisas tão simples. Oh, sim. Falta um pouco de Calvin em cada uma delas.


5 comentários:

fabiana disse...

"Manifestação física do meu lado bom"
Aprendemos sempre boas desculpas com Calvin. xD

Roseana Batista disse...

Eu também quero uma manifestação física do meu lado bom!

Giuseppe Menezes disse...

Pois é. O próprio Calvin se considera uma pessoa má... XD
Ele tem mesmo boas desculpas.
Roseana, então você se considera malvada por natureza? O_O

Roseana Batista disse...

Não acho que o Calvin seja totalmente mau.
Todos temos lados que se manifestam em momentos diferentes. Ele só se recusa a ser aquela chatice que temos que ser para sermos bem aceitos pelos outros. Como ele mesmo disse: "Eu tenho um monte de bom senso... que escolhi ignorar."
Ele apenas escolheu um modo diferente de viver, que é o certo pra ele.
Seria bom um clone pra fazer uma presença quando estivessemos cansados de certas coisas.
E óbvio que eu escolheria um clone do meu lado bom! xD

Giuseppe Menezes disse...

Concordo extremamente contigo. Vou procurar um caixote prá fazer um duplicador prá mim também..... ^^